55

...feito tatuagem velha. o resto de tinta ainda pulsa junto com o teu sangue, mas não sabe mais por onde se enveredar. já tem seus limites. fermenta-se, ao longo dos anos, entre as tuas camadas de pele. mas não te abandona nunca.

***

magritte

 ceci n'est pas
un poème.








3 comentários:

Alisson da Hora disse...

Sangue, tinta, visões.

Beleza, beleza, envolvimento e sedução...

lindo, fechado em si, imagem e poesia.

beijão =)

Estevão disse...

este impulso orgânico de dizer...


ceci n'est pas un commentaire.

Guilherme disse...

Olha, conheci um pintor surrealista novo! (segundo classificação da wikipédia)

Acho que esse deve ser o tipo de pintura que eu mais gosto.
Eu e um amigo meu, comentamos uma vez, no colegial, que teríamos uma cópia de algum quadro do Dalí quando a gente montasse uma rep. xD
Agora eu acabei de perceber que não conheço quase nada de surrealismo, embora saiba que o estilo me agrada. Preciso começar a pesquisar!