81

está vindo. está vindo de novo.
Eu descobri a sombra. É com um arrepio de excitação que eu te conto isso. Eu descobri a sombra, meu amigo.
Estranho é acordar e perceber que se continua vivo. É a maior insanidade que este mundo pode te trazer.
Bizarro, mesmo, é escrever depois de estar vivo. Não deveria ser assim. Estar vivo é um preço muito alto que se paga para escrever. (Brás que me perdoe.)
Mas é bom viver para preencher os espaços com nanquim. Eu me encontrei na sombra. E é morrendo de tesão que eu te conto isso. É não conseguindo mais segurar o gemido. É desgrudando a pele do corpo.

Um comentário:

Estevão Daminelli disse...

estes números...

8.11.11
81

____________

longas pequenas mortes.
abraço.