38

ânsia ânsia ânsia ancião que se foi não pra sempre mas por hora que vontade maldita que vontade que eu tenho de não ser eia, sereiando pela estrada mais uma vez vamos nós nesta merda nesta mente pseudônima atritada que tamborila por tantas outras palavras belas sonoras que vontade de vomitar e não ouvir todas as músicas do mundo pois não há mais alma pra escutar o vazio o descompasso a sensação o êxtase de pele escamada eriçada pronta para crescer rasgar-se na vida adulta no adultério diário monetário, vamos para o crematório, meu amor.

9 comentários:

Camila S. disse...

arder nas chamas que merecemos, por toda a eternidade de uma hora.

Guilherme disse...

Avec plaisir.

Paty disse...

Uau, enfim alguém que disse diretamente o que me resume há alguns meses: "vida amorosa sempre dá em merda". Pelo menos por enquanto! Tava meio cansada do povo tentando convencer o contrário, bem quando a gente tenta provar que é difícil, que esse negócio de sensações fantásticas, momentos bons, nem sempre são suficientes pra sobrepor o que acontece de ruim.
Obrigada.

Cara, adoro textos assim sem frase. É muito expressivo!

:*

Paty disse...

Uau, enfim alguém que disse diretamente o que me resume há alguns meses: "vida amorosa sempre dá em merda". Pelo menos por enquanto! Tava meio cansada do povo tentando convencer o contrário, bem quando a gente tenta provar que é difícil, que esse negócio de sensações fantásticas, momentos bons, nem sempre são suficientes pra sobrepor o que acontece de ruim.
Obrigada.

Cara, adoro textos assim sem frase. É muito expressivo!

:*

Paty disse...

eu já acho que domina, e se alguém disser que não, não vai ser por falta de tentativa. é corajoso escrever e publicar assim, com intenção (ou não) de deixar quem lê sem ar :)

Paty disse...

o melhor da escrita é isso, né? esse tipo de intenção, se programar pra ter algum impacto. bom, na minha visão... poder causar esse tipo de sensação e só imaginar o estado de espírito de quem está escrevendo é sempre legal. a gente sempre tem algo a dizer quando usa tal ou qual recurso :)

se cuida!

[ rod ] ® disse...

Vamos ao testemunho dos corpos em terrível e ambígua sensação. Querer que foge e determina. A ânsia que flui a cada bom beijo.

Bjs moça!

Fábio disse...

Olá gostaria de convidá-lo a conhecer meu trabalho através do blog Ecos do Teleco Teço (WWW.ECOSDOTELECOTECO.BLOGSPOT.COM) . Grande abraço e sucesso com sua proposta !! Axé

Pedro Carlos disse...

Oi, meu nome é Pedro Carlos. Tudo bom? Sabe, um amigo meu, e seu também, indicou-me o seu blog. Foi o Guilherme. Olha, eu andei lendo seus posts e gostei pra caramba :)Voltarei aqui muitas vezes, beleza?

Abração!

Se você quiser dá um pulinho lá no meu. Não é grande coisa, mas...

PS.: Você se expressa muito bem, nossa... dava pra sentir suas palavras nesse post.